Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma mulher com sorte.

"Não subestimes as capacidades de um Destino irónico..."

Uma mulher com sorte.

"Não subestimes as capacidades de um Destino irónico..."

...

por Inês, em 02.09.17

pareja-yo-y-tc3ba-el-bosque.jpg

 

Amo-te.

Queria dizer-te algo diferente, uma palavra nova, inventada por mim.
Amo-te. Raios me partam que só me lembro desta.
É que Amo-te toda a gente diz, toda a gente fala quando está com alguém.
E eu sou eu. E quando estou a teu lado continuo a ser eu.
(Não sou toda a gente.) Consegues entender?
Então, como é que eu digo que te amo, de uma forma original e única, como nunca ninguém disse?
Uma palavra só minha ou só nossa, que é quase a mesma coisa.
Mas não é a mesma coisa.
Não é, porque eu continuo a ter as minhas coisas e tu as tuas coisas.
Mas Amo-te é uma palavra nossa.
Não é?
Não é. Porque toda a gente a diz, toda a gente a escreve.
Mas será que toda a gente a sente?
As palavras para significarem, para serem verdadeiras, têm de ser sentidas.
Ou há quem fale sem sentir?
Eu Amo-te, e sinto isso. Por isso é que digo.
Mas às vezes também digo para me deixares em paz, quando estou cansada, e sei que isso seria impossível se me deixasses.
Ou se calhar seria. Mas levaria tempo.

Seria possível. Porque eu não me esqueço de quem sou quando estou contigo, nem de quem tu és quando estás comigo.

Talvez seja isso. Talvez seja por isso.

Há Amo-te (s) que são ditos porque sim, porque faz parte, porque é bonito.
E faz parte, e é bonito. mas porque sim é que não.
Não, porque deve sentir-se antes de ser dito.
Porque leva tempo (por vezes muito tempo).

Eu sei quem sou quando estou contigo e tu sabes quem és quando estás comigo.
E eu Amo-te.
Já te tinha dito?
Raios me partam, para além de pouco criativa ainda me estou a repetir.
Mas tu gostas de mim assim. E eu Amo-te.
Consegues entender?
Não sei se todos os Amo-te(s) serão iguais.
Ainda bem, assim a nossa palavra já será diferente.

Amo-te.

E é diferente.

Sabes porquê?
Porque não é o que se diz, é o que se sente.

As palavras para significarem, para serem verdadeiras, têm de ser sentidas.

Consegues entender?

Foco, força e fé.

por Inês, em 09.06.17

focofo.gif

 

Mais do que nascer com todas as condições necessárias, o sucesso depende do que cada um faz para ter todas essas condições.

 Se é que alguma vez podemos ter tudo. (E é bom que nunca chegue o dia em que acreditamos que não nos falta mais nada, porque isso iria impedir-nos, obviamente, de lutar para ter mais e melhor. Para ser mais e melhores.) Levar-nos-ia a ficar parados.

À parte isso, e voltando à história das condições-que temos, que não temos ou que deveríamos ter- refiro-me essencialmente àquilo que somos. À capacidade de olhar para dentro e ver o que nos falta e até que ponto isso nos impede de atingir objetivos.

Essa capacidade, de nos vermos sem a ajuda de um espelho e compreendermos a imagem que passamos para os outros sem qualquer reflexo de um vidro, é mais importante, muito mais, do que ter o cabelo bonito ou o rosto perfeito quando queremos conquistar as pessoas.

As pessoas gostam de gente que persiste, que corre atrás daquilo que quer, mesmo que por vezes nem sequer se saiba o melhor caminho a seguir. De gente que segue, com a única certeza de que em frente é a direção certa (mesmo que, por vezes, seja precisamente nesse sentido que se encontram os maiores obstáculos).

E o que são obstáculos para um vencedor? Oportunidades para ganhar o título.

Sem obstáculos, sem dificuldades, não teria sentido uma vitória.

É uma questão de perspetiva e isso depende, inacreditavelmente, de nós. Olhar o mundo e para tudo o que nos acontece com a certeza de que isso nos permite ficar mais fortes, dia após dia, e que há um sentido, no tempo certo, para ter acontecido.

Por isso, vai em frente perante o que mais te assusta. No caminho pode estar aquilo que mais queres.  

Mantém o foco, experiencia para acrescentar força e tem, claro está, uma certa dose de fé.

 Sempre.

...

por Inês, em 19.03.17

 

 

 

c8fc5480483ed61d533c442294dd3216.jpg

 

A vida não é fácil, tão certo.

Mais fácil  é dizer que é difícil para não correr o risco de perder na dificuldade que é lutar por ela.

Confia. 

 

É crer, é querer.

por Inês, em 24.02.17

tumblr_lcxe2vNdjV1qdx2jzo1_500.png

Não é o que se consegue, é o que se quer.

Nem sempre consegues o que queres, tem vezes até que deixas de querer.

Independentemente disso, é aquilo que fazes entre o querer e o conseguir que te permite, quase sempre, conseguir muito mais do que querias ter conseguido e não conseguiste. Ou o que deixaste de querer.

O segredo dos que vencem é este mesmo: É crer, é querer.

E depois, só depois, por vezes muito depois, vencem.

Acredita. 

...

por Inês, em 31.12.16

tumblr_static_2ha8adcxpxmo8w808cw8808oo.jpg

Mais um ano se passou,2016. Para mim, o ano.

Aquele em que mais vivi, mais experienciei.

Aquele em que arrisquei ouvir-me e seguir aquilo que, a meu ver, fazia sentido.

Muitas vezes aquilo que faz sentido para nós é um absurdo para os outros, tantas vezes. Mas é aí, nesse preciso momento, que devemos insistir no que acreditamos.

O risco assusta, exige que saibamos lidar com o que não conhecemos e obriga-nos, inevitavelmente, a revelar fraquezas que conseguimos esconder quando ficamos quietos, descansados, na nossa zona de conforto. Aquela onde nada, nem ninguém, nos pode incomodar. Onde conseguimos ser nós próprios e viver com o que temos, sem sequer nos importarmos em ter mais do que isso.

Sorte daqueles que são felizes com o que têm.

Sorte, há quem diga que ela não existe.

Existe, mas é um caso difícil e exige sempre que lutemos por ela.

 Já o Destino, esse é outro teimoso que se recusa a ir onde queremos se não formos ao encontro dele para lhe mostrarmos onde queremos ir.

A vida é assim, seja em 2016, 2017 ou noutro tempo qualquer, para que ela nos sorria precisamos, quase sempre, apenas de duas coisas: Acreditar e lutar por isso.

Feliz 2017 <3

...

por Inês, em 24.11.16

tumblr_lk3sefxy1Q1qch6ljo1_500.jpg

 

Que a vida seja apenas isto: Acreditar, arriscar, cair e levantar.

Depois consegues, e vences.

E vencer nem sempre implica conseguir o que queres, mas consegues sempre alguma coisa.

Qualquer um tem a mesma oportunidade de ser feliz.

O importante é que persistas, perante a dificuldade. Enfrentes, diante do que te assusta. Sorrias, na presença do que te intimida.

O importante é que nunca desistas.

 Depois consegues.  

...

por Inês, em 25.08.16

 

tumblr_ls013xDRvj1r2ijdno1_500.jpg

 

Não basta confiar na vida.

É preciso que confies em ti para fazeres dela o que quiseres.

...

por Inês, em 13.05.16

tumblr_lubdapqmkf1qez119o1_500.jpg

 Um obstáculo não tem de ser um obstáculo. As coisas não têm de ter o significado do nome que lhes damos, as coisas têm de significar aquilo que nós interpretamos delas.

Um obstáculo é um problema. Uma dificuldade. Algo que se atravessa no  caminho e te impede de seguir em frente. Diz o dicionário, é tudo o que se opõe à obtenção de um determinado resultado.

Um obstáculo pode ser isto tudo, é um obstáculo.

As palavras não mudam, quem muda somos nós. E és tu quem tem o poder de reescrevê-las ou simplesmente atribuir-lhes um sentido diferente daquele que lês. 

Um obstáculo é um desafio, e tu não serias quem és se não tivesses já ultrapassado algo que, à partida, te impossibilitaria de ir mais além. 

 

...

por Inês, em 02.05.16

tumblr_logg7iCqv71qi62kko1_500.jpg

 Aprende que, mesmo quando te esforças e lutas pelo que queres para ti, a vida nem sempre te oferece o melhor que mereces no momento que desejas.

Há um tempo certo para as coisas acontecerem que, quase sempre, tende a chegar na hora errada. 

Tu não sabes, ou talvez apenas te esqueças, aquilo que chega na pior altura é, tantas vezes, a maior recompensa que poderás receber pelo tempo que esperaste para que tudo corresse bem. Não lamentes, o inesperado pode ser o melhor que podes esperar para ti.

...

por Inês, em 02.04.16

tumblr_lvqhmmQT8g1qfyti7o1_500.png

 Nem tudo o que apagas da tua vida tem de ser esquecido. Não significa que tenha sido mau ou que não valeu a pena.

Não te arrependas, o que fizeste deixa sempre alguma coisa para contar. O que deixas por fazer apenas conta o que poderias ter feito,e aprendido com isso, e não fizeste.

Por vezes também aprendes por não fazer.

Nem tudo o que sai da tua vida deixa de ser importante, existe o que é preciso sair para que ganhe uma importância maior do que aquela que tinha quando ainda lá estava.

Só não permitas que vá embora o que estás certo de ter muito mais valor se continuar contigo.E luta para que fique, sempre. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos