Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma mulher com sorte.

"Não subestimes as capacidades de um Destino irónico..."

Uma mulher com sorte.

"Não subestimes as capacidades de um Destino irónico..."

Liebster Award

por Inês, em 12.03.15

 

Como prometido, aceitei o desafio proposto pela simpática Jéssie Bessie, do blog " O Diário da Jessie Bessie.",  para um para um Liebster Award. Muito obrigado Jéssica! 

Antes de mais, nomeio os seguintes blogues:

 Muito me contas

Pequenos pedaços de sonho

 Empregada de balcão

Belle

Maria das palavras

 Desabafos agridoces

 

Finalmente, 11 Factos Sobre Mim:

  1. Não me chamo Isabel;
  2. Tenho Ictiofobia (fobia de peixes), também não gosto de máscaras e de palhaços ;
  3. Durante alguns anos quis ser bióloga marinha e, confesso, seguir teatro também esteve em hipótese;
  4. Sou insegura ( muito);
  5. Tenho medo de falhar;
  6. Sou bastante exigente comigo, e com os outros também;
  7. Sou irónica e os outros costumam achar-me piada, talvez pelo facto de eu não achar piada a nada (Falo sério, mas não me costumam levar a sério);
  8. É difícil convencer alguém que sou do Alentejo ( mesmo quando digo “vou amanhar a mala para abalar amanhã”);
  9. Amo chocolate, mas quem me conhece pensa que só como fruta e legumes.
  10. Arrepio-me sempre que sinto ter ajudado alguém;
  1. Nunca quis ser psicóloga, mas estou certa que este é o meu caminho.

 

Perguntas de quem me nomeou:

 

  1. Como nasceu o teu blog?

 

“ A mulher com sorte” é um projecto bastante recente, que surgiu num momento menos bom da minha vida. Uma ocasião em que falhei, várias vezes, e dei por mim a pensar que tinha de fazer alguma coisa para evitar cair no abismo. Basicamente, agi como sempre: Parei, chorei, pensei e escrevi, só que desta vez decidi partilhar com os outros, desconhecidos, os meus sentimentos e desabafos (mesmo que eles não tenham qualquer significado para outra pessoa para além de mim).

O mais difícil foi começar.

 

  1. Como escolheste o nome do blog?

Passo a citar algumas frases de um dos primeiros textos que publiquei e que, a meu ver, consegue responder muito bem a esta questão: “É um facto: Perco praticamente todos os jogos, sejam eles de estratégia, aventura, habilidade, de desporto, sobretudo de desporto, (…). Já comprei raspadinhas, arrisquei no euromilhões e, uma vez, tentei na lotaria. Mas, mesmo assim, o único dinheiro que vi sair foi o da carteira, directamente, para a caixa registadora dos sítios onde tentei o sucesso do acaso. Não resultou. (…)

Ainda assim, considero que tenho sorte. Pelo menos, gosto de acreditar nisso.

Apesar de tudo, sinto que vivo guiada por algo incontrolável, que me ultrapassa, talvez mágico, não sei bem. Reconheço que sou frequentemente assombrada pelo mistério que, muitas vezes, me guia e me sustém. (…).”

 

 

  1. Qual é a tua maior inspiração?

A única coisa que te posso garantir é que é uma pessoa, aliás, várias pessoas. Pessoas humildes, pessoas corajosas, pessoas persistentes, pessoas sorridentes, pessoas sensíveis, pessoas que comunicam com os outros, mesmo quando não falam, pessoas que escrevem, pessoas que amam.

 

  1. Que tipo de blogs gostas de ver?

Gosto principalmente daqueles que se identifiquem com o meu, uma espécie de diário pessoal onde o autor consegue, mediante as suas histórias, inventadas ou não, transmitir o que sente naquele instante, naquele dia. Por outro lado, também reconheço a importância de blogues de moda, culinária, cinema, que me dão, tantas vezes, grandes sugestões.

 

  1. Impressão e sugestões para blog que te nomeou?

“ Continuar o trabalho que tem feito até agora” parece uma sugestão um tanto insuficiente para quem quer saber aquilo que de melhor poderá fazer para agradar aos seus subscritores. Contudo, não sei se por conhecer a extraordinária pessoa autora do blogue, penso que é mesmo isso que ela deve fazer. Prosseguir com um projecto que consegue abranger, num só espaço,  os mais variados temas.

 

  1. Organizas-te de alguma forma para postar ou quando dá?

Organizo-me, aliás, sou obcecada com organização.

 

  1. Planos para o blog?

Escrever acerca de situações actuais, comentá-las, parece-me uma boa ideia.

 

  1. A maior dificuldade/ desafios em ter um Blog?

A meu ver, é o tempo e a atenção que ele exige. Principalmente para aqueles que, como eu, se entregam totalmente àquilo que fazem. Ou escrevo ou não escrevo, mas o que escrever será, certamente, com enorme dedicação.

  1. Já fizeste amizades através do blog?

Não, por acaso não.

  1. Qual é o teu trabalho de sonho?

Aquele que me permita sentir, todos os dias, que faço a diferença na vida de alguém com a minha atitude, com as minhas palavras. Aquele que consiga erguer-me da cama com um grande sorriso estampado no rosto, com a certeza de que outras pessoas vão sorrir comigo também, que vão acreditar em mim e, sobretudo, nelas próprias.

Quero ser psicóloga, quero ser escritora.

 

 Resume a tua personalidade numa frase.

 

“Todos te convidam a olhar para eles e a gostar deles, mas muito poucos te ensinam a gostar de ti. É por isso que a confiança com que nasceste se vai evaporando ao longo do tempo até a perderes, de vez, em algum momento da tua vida. "

 

Uma mulher com sorte

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos